PEDOFILIA

DocumentosAdicionado em

Ordenar por : Nome | Data | Acessos [ Descendente ]

Resumo: A dissertação aborda questões sobre a família, a reeducação e a visão da Alta progressiva (AP) relacionadas à pacientes diagnosticados como pedófilos que estão cumprindo medidas socioeducativas em manicômio judiciário Rio Grande do Sul em conseqüência de violência sexual praticada contra crianças e adolescentes.

 Palavras-chave: Pedofilia; medidas socioeducativas; alta progressiva; família

Bibliografia: MARAFIGA, Caroline Velasquez, A alta progressiva e o retorno de pedófilos para suas famílias, Dissertação de Mestrado, Programa de Pós Graduação em Psicologia, Universidade do Vale do Rio dos Sinos,  São Leopoldo, 2009.

Resumo: Foram analisadas histórias de vida de agressores sexuais infanto-juvenil, em face da possibilidade de reprodução do fenômeno; Constatou-se que as histórias de vida do grupo foram permeadas pela violência na infância e na adolescência com maus tratos, violência, constrangimentos quanto à vivência de sexualidade, experiências de rejeição e perda, trabalho infantil forçado e uso de substâncias psicotrópicas e de álcool; todos tiveram o crescimento vital violentamente comprometido; nenhum teve, na infância e/ou adolescência, os direitos respeitados por nenhuma instância, seja família ou Estado; Dentre as contribuições consta um alerta para a sociedade discutir o contexto das histórias de vidas destes sujeitos sem preconceitos; para que o Estado garanta os direitos das crianças e adolescentes vítimas de violência, instaurando uma cultura de respeito à criança para evitar repetições nas gerações seguintes e sobre a capacitação de profissionais das áreas de saúde, educação e jurídica, no intuito de identificar e intervir nas situações de violência seja através da prevenção, diagnóstico ou tratamento das vítimas e também dos agressores.

Palavras-chave: Abuso sexual; agressor; história de vida; criança e adolescente

 

Bibliografia: BARREIROS, Edleide Xavier. História oral de Homens que praticaram violência sexual infanto-juvenil. Dissertação de mestrado. Universidade Federal da Bahia, Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2009.

Resumo: O presente artigo se propõe uma reflexão conceitual sobre o fenômeno da pedofilia no contexto da violência sexual contra crianças e adolescentes, visando avançar na sua compreensão, contribuindo à clarificação  terminológica e conceitual existentes.


Palavras-chave: Pedofilia; violência sexual contra crianças e adolescentes; conceituação

 

Bibliografia: FALEIROS, Eva Terezinha; RADICCHI, Lis Célia Arantes. Pedofilia: adoecimento e crime. Brasília: 2011

Resumo: As contradições entre os direitos consolidados em Lei, onde estão expressas determinadas representações de infância, e aquelas que são construídas no mercado, na moda, nos meios de comunicação; compõem o processo de pedofilização em curso. O trabalho, referenciado teoricamente nos Estudos Culturais e Estudos Feministas, com inspiração pós-estruturalista, analisa a formulação de discursos sobre os temas aqui destacados, em documentos públicos voltados à garantia de direitos. Os documentos escolhidos são o próprio Estatuto e o "Pacto do Rio de Janeiro de combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes", documento contendo as resoluções aprovadas no III Congresso Mundial de Enfrentamento à Violência e à Exploração Sexual, realizado no Rio de Janeiro, em novembro de 2008.


Palavras-chave: Pedofilia; exploração sexual; crianças e adolescentes

 

Bibliografia:

NUNES, Maria do Rosário. Pedofilização e mercado – o corpo-produto de crianças e adolescentes na era de direitos no Brasil. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Porto Alegre/RS, 2009.

Estudos e Pesquisas 

Estudos e Pesquisas é também um dos eixos do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Neste espaço são disponibilizados estudos e pesquisas nas suas diversas formas de publicação (artigos, monografias, dissertações, teses, livros, revistas) referentes à violência sexual contra crianças e adolescentes. Tem por objetivo a reflexão e o aprofundamento dos temas: abuso e exploração sexual, tráfico para fins de exploração sexual, pedofilia, protagonismo infanto-juvenil e outros temas relacionados à violência sexual contra crianças e adolescentes.